Últimos comentários...

Recent Comments Widget

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Apenas Você


Minha toalha desliza até o chão, sinto seus olhos queimando minha pele, sinto seu desejo. Caminho pelo quarto, até a cômoda; paro e pego o óleo perfumado, passo pelo meu corpo, ergo meus olhos e encontro os seus, eles dizem que você me quer, dizem o quanto esta ardendo por mim, ansioso por me tocar, beijar, sentir, tudo que tenho para lhe oferecer.

Continuo com minha tarefa, espalhando o liquido por todo meu corpo, deixando que você aprecie a cena de perto. Depois que termino, volto meu olhar para você novamente, e apenas o encaro, não me mexo, você levanta sem tirar seus olhos de mim, vem em minha direção, segura meu rosto com as mãos, mãos que tanto me dão prazer, que sabem tocar meu corpo com ninguém, olha para meus lábios, vem chegando perto, me provoca, me atiça , até que sua boca toca a minha, primeiro devagar,  depois aprofunda o beijo, sabendo que me deixa louca, para, e beija meu pescoço, sussurra em meu ouvido, fico arrepiada, ergo minhas mãos ate seus ombros, gravo minhas unhas, fazendo você soltar um gemido, abro um sorriso safado, você entende o recado, me pega no colo, volta a me beijar enquanto me coloca na cama, no nosso ninho de amor.

Suas mãos passeiam pelo meu corpo, me provocando, sinto seus dedos tocarem o ponto mais sensível de meu corpo, solto um gemido de satisfação... Você sabe o que esta fazendo e não para, desce para meus seios, deixa meus biquinhos duros... 

Morde eles levemente... Continua descendo pela minha barriga, morde a parte interna da coxa, você sabe o que eu quero, mas resolve brincar comigo. Atiça-me, provoca, me deixa em chamas, inflamando por desejo. Louca para senti-lo. 

Até que sem aviso você o faz... É tão suave, que demoro em perceber, você  me ama como os lábios, sinto que vou explodir, já estou fora de mim, até que você para, volta a me olhar. Sorri ao perceber que estou ardendo por você.   

Beija-me, tão apaixonadamente que me sinto encantada com tamanho amor...  Você se posiciona em cima do meu corpo, me preparo para tê-lo todo dentro de mim. Para senti-lo em minha carne úmida que o espera com urgência...   Quando finalmente sinto você dentro de mim, percebo que não aguentarei por muito tempo...  Sinto que vou explodir...  Você acelera os movimentos...  O prazer é maravilhoso... E o êxtase que nos arrebatou foi inesquecível...  Sinto todo seu prazer dentro de mim... Considero-me a mulher mais feliz do mundo ao lado do homem que amo...   E sei que será assim para sempre!

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Amor e Prazer


- E então? – perguntou ela – Na sua cama, ou na minha?
- Tecnicamente, sua cama é minha também.

Ela o chamou com um gesto do dedo indicador e desapareceu pelo corredor.  Ele subiu os degraus rapidamente, despindo-se pelo caminho.
Quando chegou já completamente despido ao quarto, olhou ao redor e soube que estava em apuros.

A luz estava apagada, apenas velas aromáticas iluminando o ambiente, uma música sensual tocando ao fundo.

Sara indicou a cadeira atrás da qual estava parada. Ele sentou-se, e ela amarrou-lhe as mãos para trás levemente com uma echarpe de seda, fazendo-o prometer que não se soltaria. Colocou-se então na frente dele, sorrindo-lhe sedutoramente.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Enzo IV



Este é um conto que aprecio muito e que publico aqui com muita honra. 
Foi escrito pelo autor de codinome Coruja e publicado em 27/04/2003
no site ContoErotico.com. A obra esta sendo publicada
sem nenhuma alteração em seu texto."


Chegou à empresa e vendo que ele ainda não havia chegado, aproveitou para adiantar seu trabalho. Estava tão distraída que não percebeu Diana se aproximar.

__ Olá Susan ! – cumprimentou
__ Olá Diana, tudo bem ?
__ Eu que pergunto, tudo bem ?
__ Claro, porque não estaria ? – perguntou apreensiva.
__ Não sei, estou achando você tão abatida ! Além disso parece nervosa. Nunca mais conversamos, está com algum problema ? Sabe que pode contar comigo ! – ofereceu solidária.

domingo, 2 de dezembro de 2012

Enzo III



Este é um conto que aprecio muito e que publico aqui com muita honra. 
Foi escrito pelo autor de codinome Coruja e publicado em 27/04/2003
no site ContoErotico.com. A obra esta sendo publicada
sem nenhuma alteração em seu texto."




A claridade vinda da janela fez com que abrisse os olhos. As lembranças da noite anterior voltaram imediatamente, e mesmo desejando que tudo não houvesse passado de um sonho louco, seu corpo era prova de que tudo fora bem real. Todo ele parecia entorpecido e não havia um só ponto que não estivesse dolorido. E, como Enzo prometera, havia as marcas para lembrá-la.
Levantou-se, tentando lembrar em que momento ele fora embora, mas o pensamento sumiu no momento em que olhou para o relógio. Deveria estar no escritório há mais de uma hora.

Vestiu-se o mais rápido que pôde, foi obrigada o opta por uma blusa com mangas bem compridas, para esconder as marcas nos pulsos. Havia vários objetos espalhados pelo apartamento, e tudo a fazia lembrar do que acontecera . Optou por arrumar tudo quando voltasse .Ao olhar o gancho na parede, seu corpo estremeceu, o medo de encontrá-lo novamente fez com que sua mente tentasse encontrar uma rota de fuga, mas sabia que era inútil, acabaria indo ao escritório.

Enzo II

Este é um conto que aprecio muito e que publico aqui com muita honra. 
Foi escrito pelo autor de codinome Coruja e publicado em 27/04/2003
no site ContoErotico.com. A obra esta sendo publicada
sem nenhuma alteração em seu texto."



Chegando ao apartamento, tomou um banho demorado e sentando-se no sofá acabou adormecendo. O som da campainha tirou-a de um sonho em que, os acontecimentos daquela manhã repetiam-se sem que ela pudesse fazer nada.

        __ Abra Susan, sei que está aí.

        Ela ficou imóvel, apavorada demais para pensar em fugir pela escada de serviço.
        __ Eu disse para abrir ! – o tom que ele usou foi severo e não admitia desobediência.
        Assim que abriu, ele a segurou pelos pulsos, apertando até que ela gritasse de dor.
        __ Nunca mais faça com que eu repita uma ordem, entendeu ? 
__ S-sim, senhor Moretti.

Ainda segurando-a, ele trancou o porta. __ Quando estivermos à sós, me chame apenas de Enzo. Encontrarei outras formas para lembrá-la quem é o “senhor” aqui.

Mais lidos da semana...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Todos textos postados aqui são de autoria e resgistrados por Jade. Tecnologia do Blogger.